Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Compartilhe em sua rede social preferida.

DESCUBRA COMO A HASTE DA VÁLVULA PODE INFLUENCIAR NO DESEMPENHO DA SUA TURBINA A VAPOR

Assim como nós precisamos cuidar da saúde, uma turbina a vapor também exige manutenção de tempos em tempos, o que inclui os componentes de cada peça, como a haste da válvula.

Entre os principais “órgãos” da máquina está a válvula de regulagem, que em conjunto com o regulador de velocidade e servo motor da turbina, são responsáveis por controlar a abertura da passagem de vapor.

Uma turbina a vapor funciona como o corpo humano, ou seja, é necessário diferentes elementos para garantir um bom desempenho.

Como saber qual é o melhor momento para trocar esse tipo de peça?

Antes de mais nada, é muito importante que você conheça os motivos que levam ao reparo e/ou troca da haste.

Uma das situações mais frequentes é a peça sofrer desgaste na área de vedação que faz contato com o cesto, conforme indicado na imagem.

Outro problema que pode ocorrer com a haste da válvula é a perda da nitretação, que é um processo termoquímico que proporciona maior dureza à superfície da peça, maior resistência à fadiga externa e fricção.

Nas duas fotos acima é possível notar a mudança de cor de algumas áreas da haste, o que demonstra a perda do processo.
Além disso, também é possível acontecer o empenamento de guia da haste, que nada mais é do que a alteração no formato original de fabricação dessa região.

Todas essas situações acontecem por consequência dos seguintes fatores:

  • Desgaste natural da haste;
  • Má qualidade do vapor na linha;
  • Material incorreto;
  • Perda dimensional;
  • Presença de corpo estranho na válvula.


Com essas informações vai ficar mais fácil identificar qual é o tipo de dano que a haste está sofrendo.
Agora, vamos falar um pouco mais da ligação entre essa peça e sua turbina a vapor.

E se houver um destes problemas com a peça, o que acontece com a minha turbina a vapor?

Fizemos uma lista com os efeitos que a sua máquina pode ter caso a haste da válvula apresente algum dano:

1 – O desgaste na área de vedação na haste impede que o cesto cumpra totalmente sua função. Com isso, o equipamento tem mais consumo de vapor, e a válvula sofre grande oscilação, o que leva a perda de eficiência da turbina.

2 – A nitretação ajuda no deslize da haste, o que é fundamental para o bom funcionamento da válvula. Quando há perda do nitretamento, o deslizamento também é alterado, o que pode levar ao travamento da válvula e um maior desgaste nas dimensões da peça.

3 – Como o empenamento da região de guia da haste causa alteração no formato de fabricação, este é mais um fator que promove o travamento da válvula.

Recuperar a haste ou fabricar uma nova, o que a minha turbina a vapor precisa?

Essa é uma questão totalmente variável, em algumas situações é possível recuperar a área de vedação da haste com solda dura e usinagem, conforme projeto. Já em outras, é necessário a fabricação de uma haste nova.
Veja uma haste que foi fabricada pela ROXVEL:

Para conseguir o melhor desempenho de cada peça, é preciso mais do que apenas conhecer os itens. Na hora da manutenção, é fundamental poder contar com uma parceria transparente e que atue como suporte.


A equipe técnica ROXVEL possui muitos anos de experiência em manutenção de turbinas a vapor e redutores de velocidade. Por isso, garantimos que nossos clientes tenham acesso a diferentes soluções. Ou seja, com a gente você tem tranquilidade e eficiência!


Fale com a nossa equipe e saiba mais detalhes.

Mais matérias

Fale agora conosco